Certificada a 11ª turma de permacultores

04/07/2017 13:56

Novos permacultores: Vinícius, Bernardo, Henrique, Danillo, Caroline, Elisa, Susana, Juceli, Grazianne, João Vitor, Lara, Larissa e Joice. Marcos Isao e Felipe ficaram fora da foto.

No semestre de 2017/1 o NEPerma certifica mais 15 permacultores que passaram pelo Curso de Planejamento em Permacultura (PDC), oferecido através da disciplina GCN7938 – introdução à permacultura.

Os novos permacultores tiveram a oportunidade de cursar às 90h de ensinamentos e trocas de conhecimentos, que foram coordenadas pelo permacultor e Prof. Arno Blankensteyn e teve a participação de mais 12 permacultores instrutores.

No segundo semestre de 2017 ocorrerá a 12ª edição da disciplina nas tardes das terças-feiras. Se você tem interesse em cursar o PDC, na próxima matrícula que se inicia dia 7 de julho, procure pelo código GCN7938 e matricule-se mesmo que o sistema acuse não haverem vagas. Fique de olho no site www.permacultura.ufsc.br, que informações acerca de vagas adicionais serão divulgadas.

Incentivamos todos os interessados que busquem conquistar uma vaga nessa próxima turma. É o que muitos alunos de diversos cursos têm feito ao longo das edições anteriores. Essa que se encerrou agora contou com a presença de alunos de 8 diferentes cursos.

Ao final dessa jornada perguntamos aos alunos da turma “O que é permacultura para você após passar pela experiência de um PDC?”. Veja alguns depoimentos desses novos permacultores.

Larissa (Psicologia)
Gratidão à todos os professores, que com tanto carinho e dedicação conduziram essa disciplina tão transformadora.

Lara (Arquitetura)
Para mim a permacultura é o caminho alternativo à todos os problemas sociais, econômicos e ambientais que vivenciamos hoje. Ela apareceu para mim através de uma não identificação com a minha visão do que é Arquitetura, surgiu como uma escapatória e esperança de saber que existia um caminho contrário àquilo que nos é imposto e de um dia poder colocar em prática as coisas que acredito e continuar em busca de melhorias sistêmicas, em busca da priorização da vida em harmonia com a natureza e com as pessoas à partir de trocas, observação, imersão, criatividade, e buscando sempre oportunidades nas dificuldades.
Me abriu a visão sobre as coisas através da interdisciplinaridade dos conhecimentos e mostrou que a autossuficiência contra o sistema é possível.
Escolhi a UFSC para realizar o programa de mobilidade acadêmica por causa desta matéria, e termino o curso com uma imensa gratidão por essa oportunidade que eu tive, por todos os conhecimentos e por todas as pessoas que passaram ao longo do curso e que eu tive o prazer de conhecer.

Danillo (Geografia)
Permacultura na minha opinião é uma cultura de vida, um modo de pensar e ver o mundo pensando no bem-estar do planeta, do próximo e de nós mesmos. Através de observação e interação, ensina que devemos pensar e planejar nossas ações, antes que elas prejudiquem tudo em nossa volta. Nos faz refletir diferente do modo capitalista em qual estamos inseridos, ressaltando o auto sustento como objetivo principal de nossa jornada na Terra, e que a busca pelo acumulo de capital, difundido pelo atual sistema, só traz prejuízos para nossa espécie e para o planeta em qual vivemos.

Tentando aproveitar nossas experiências, ensina que a principal solução para os problemas é a análise da situação e a interatividade com o meio, as vezes soluções pequenas podem trazer maiores resultados e benefícios do que soluções rápidas e imediatas, o que também sugere que não devemos ficar presos a um tempo de relógio e sim termos nosso próprio tempo e esperar o tempo do meio em que nos cerca.

Juceli (Psicologia)
Fazer Permacultura é se dedicar a ética com todas as formas de vida. É negar a redução do conhecimento a teoria e, assim, não mutilar os saberes. É descer do pedestal imaginário ao qual nós seres humanos arrogantemente nos colocamos e, por fim, compreender a beleza da nossa eterna codependência com o universo que [reciprocamente] nos constitui.

Bernardo (Geografia)
De modo bem resumido, Permacultura é um diálogo profundo e consciente entre o velho e o novo, o ancestral e o jovem, o primitivo e o moderno. É a síntese criativa e inteligente de múltiplos conhecimentos e saberes humanos, com o objetivo essencial de otimizar tanto nossa permanência no planeta quanto nossa a interação com os outros animais, com as plantas e com o ambiente, a partir de práticas agroecológicas e sustentáveis, respeitando as dinâmicas e os ciclos naturais e, assim, obtendo energia e recursos renováveis de boa qualidade e melhorando a saúde, a vitalidade e o bem-estar dos seres vivos e dos ecossistemas na Terra.
É um suspiro em meio ao caos urbano e à degradação ambiental. É um chamado para a ação!