NEPerma certifica sua 19ª turma

04/07/2019 15:27

Concluída mais uma etapa de formação permacultores, que foram certificados pela UFSC. Alunos de diferentes cursos de graduação da universidade puderam compartilhar suas experiências e aprender com outros ao longo desse primeiro semestre de 2019.

Turma de 2019/1 – Arthur, Cláudia, João, Eloisa, Lucas, Sabrina, Anderson, Jade, Rafael, Adilson, Fernando, Cecília, Márcio, Alexandre, Janine, Mayara, Mariana, Patrícia, Felícia e Jaíne. Marina fugiu da foto.

A disciplina contou com a colaboração de 11 instrutores, incluindo professores, servidores técnicos, ex-alunos, agricultores e praticantes da permacultura. Essa dinâmica de ensino vem reforçando a linha de ensino aplicada pelo NEPerma/UFSC desce 2012, quando houve a oferta da primeira edição da disciplina.

Com essa turma o NEPerma já certificou mais de 270 pessoas para desenvolver ações, projetos e iniciativas utilizando a lógica e a filosofia de planejamento da permacultura.

O NEPerma prevê uma nova edição da disciplina para o segundo semestre de 2019. Atente para o período de matrículas e busque o código GCN7938 para vir também compartilhar do seu tempo conosco.

Depoimentos

 

Marina – estudante de geografia
Gostei muito da disciplina, que muda a forma de ver as coisas. Um olhar mais crítico sobre muitos aspectos que antes passavam “quase” que despercebidos. Permacultura pra mim é repensar minhas atitudes, em como elas afetam a natureza e as pessoas principalmente.

Adilson – estudante de ciências biológicas
Antes da graduação sequer tinha ouvido sobre permacultura. De início desconfiei, afinal, quantas são as utópicas ideias “revolucionárias” que não passam de “achismos” ou disfarces para interesses ocultos. Ainda assim, deixei de lado pré-conceitos e resolvi entender melhor do que se tratava. Fato é, essa simples palavra, que carrega em si um oceano de ideias, princípios e éticas, pode transformar a maneira como se enxerga o mundo. Nesse momento, quase ao final do curso posso afirmar, a permacultura é uma ciência que se presta a mudar a percepção das pessoas sobre tudo ao redor e, através de métodos de planejamento e baseando-se em princípios éticos, moldar os ambientes terrestres para a formação de assentamentos humanos sustentáveis.

Mariana – estudante de design

A permacultura é um desafio para repensar velhos valores e premissas, analisar o lugar em que se o ocupa no mundo e a forma como se vive nele. Acho interessante que ela seja às vezes uma ferramenta, às vezes um possível movimento social, às vezes uma forma de se viver.

Tags: Ensino de permaculturaPDCTurmas

NEPerma certifica sua 18ª turma de permacultores

05/12/2018 15:06

14ª turma certificada pelo NEPerma/UFSC

Concluída a etapa de formação de mais uma turma de permacultores, que foram certificados pela UFSC. Alunos de diversos cursos de graduação da universidade puderam compartilhar suas experiências e aprender com outros ao longo desse segundo semestre de 2018.

A disciplina contou com a colaboração de 13 instrutores, incluindo professores, servidores técnicos, ex-alunos, agricultores e praticantes da permacultura. Essa dinâmica de ensino vem reforçando a linha de ensino aplicada pelo NEPerma/UFSC desce 2012, quando houve a oferta da primeira edição da disciplina e cuja história está sendo contada no Livro Ensinando Permacultura, que logo deverá estar pronto.

Somadas a essas edições da disciplina, iniciativas de extensão como os cursos do projeto Terra Permanente, Permachico e o PDC para a academia, já certificaram mais de 250 pessoas para desenvolver ações, projetos e iniciativas utilizando a lógica e a filosofia de planejamento da permacultura.

O NEPerma prevê uma nova edição da disciplina para o primeiro semestre de 2019. Atente para o período de matrículas e busque o código GCN7938 para vir também compartilhar do seu tempo conosco.

Depoimentos

Pedro Menin – Design

A permacultura, pra mim, é uma filosofia de vida, um caminho a ser seguido. Aprendi nesse curso muito mais do que técnicas de plantio, construção ou tratamento de resíduos. Aprendi o que é ética, o que é respeitar a natureza e devolver a energia que recebemos da nossa Terra. Quando despertamos para essa realidade, fora da zona de conforto da rotina do sistema social, econômico e cultural em que vivemos, começamos a repensar melhor nossos atos, nossas aspirações e nossas reais necessidades. Gostei muito de vivenciar e aprender isso com esse grupo da permacultura. Conheci pessoas muito legais e vejo cada vez mais esperança para a espécie humana.

Josanne Pinheiro – Antropologia

Permacultura para mim, depois de fazer o PDC, é uma escolha de vida. É optar por essa escolha, embora não haja regras rígidas para ser Permacultor, é se colocar em defesa do planeta Terra. É entender que, como pessoas, temos a capacidade de utilizar as energias, construir espaços para moradia, produzir nosso próprio alimento, mas, acima de tudo, respeitar os movimentos do planeta. Não é se isolar do mundo e tornar o seu espaço de morada um santuário intocado. Ao contrário, permacultura é atuação, é encontrar soluções de inclusão das pessoas com a natureza, de uso consciente dos recursos.

Frederico Piovesana – Geografia

Considerando todo o conhecimento e experiências vividas neste semestre, assim como a bagagem e expectativas de vida que tenho, a permacultura vem como um caminho possível de ser seguido para uma maior autonomia baseada na interação harmônica entre as necessidades humanas e sociais com a natureza e seu potencial energético.Vejo a permacultura como uma troca pacífica e lenta, porém, essencial e permanente, entre um sistema de exploração em decadência para um sistema anárquico que coloca o ser humano como um grande mestre e guardião da vida no Planeta Terra.

Tags: Ensino de permaculturaPDCTurmas