A sexta turma de permacultura vem de todos as direções

06/09/2014 21:22
Procura e alunos efetivados, por curso de origem, na sexta turma de permacultura.

Procura e alunos efetivados, por curso de origem, na sexta turma de permacultura.

A sexta edição da disciplina Introdução à Permacultura apresentou uma intensa busca por vagas. Um total de 59 alunos de diferentes cursos de graduação, pós-graduação e externos à UFSC efetivaram matrícula e/ou compareceram nos dois primeiros encontros do semestre 2014/2.

O processo de seleção de alunos seguiu o critério já adotado em 2014/1 e, após os dois primeiros encontros, houve a seleção de alunos para as 8 vagas adicionais previstas. Prioridade de matrícula para o curso de Geografia, a turma passou a contar com estudantes de 8 diferentes cursos de graduação da UFSC.

A busca pela diversidade de linhas de pensamento no preenchimento das vagas da disciplina, faz-se necessária, para que os 20 alunos que seguirão até o final do semestre, possam vivenciar um intercâmbio mais intenso de informações entre colegas de diferentes áreas do conhecimento, enriquecendo as aulas que passam a orbitar em diferentes linguagens técnicas.

Um importante registro foi a busca pelas vagas adicionais por 23 pessoas externas à UFSC interessadas em cursar a disciplina. Nenhuma destas demandas pode ser atendida, pois a suplência na matrícula prioriza o ingresso de alunos da UFSC. Desta forma, se você é aluno da UFSC e deseja cursar Introdução à Permacultura, efetive sua matrícula no próximo processo de matrícula e compareça nos dois primeiros encontros.

A disciplina Introdução à Permacultura é uma iniciativa do Núcleo de Estudos em Permacultura e está vinculada ao curso de graduação em Geografia da UFSC.

Acompanhe as atividades da Permacultura UFSC no Facebook

NEPerma conclui o terceiro bloco do PDC Terra Permanente

14/08/2014 23:02
A arquiteta Soraya Nór compartilhando conhecimentos sobre a técnica construtiva com barro bambu-a-pique.

Soraya Nór compartilhando conhecimentos sobre a técnica construtiva com barro bambu-a-pique.

Nesta semana o NEPerma concluiu o 3o. bloco do curso de planejamento permacultural (PDC) do projeto Terra Permanente. Foram mais três dias de intensas atividades junto a ACESPA, parceira no desenvolvimento do projeto Terra Permanente.

Neste bloco, os alunos vivenciaram a discussão acerca da sistematização de águas na paisagem e no ambiente planejado, bioconstruções, energia na paisagem e o seu aproveitamento e, estruturas invisíveis.

Arthur Nanni apresentando do Sistema Agroflorestal (SAF) "de carona" implanto na Zona 3 do sítio Igatu em São Pedro de Alcântara.

Arthur Nanni apresentando do Sistema Agroflorestal (SAF) “de carona” implanto na Zona 3 do sítio Igatu em São Pedro de Alcântara.

Os alunos do curso, representados por agricultores e extensionistas rurais de seis municípios de Santa Catarina, prosseguirão até outubro participando de atividades teórico-práticas para melhor compreender as potencialidades de aplicação da permacultura em suas propriedades rurais, desde a concepção de pequenos elementos até o planejamento sistêmico integrado.

Este bloco do curso contou com duas práticas, a bioconstrução de paredes a partir da técnica construtiva bambu-a-pique e também, a visita técnica ao sítio Igatu, para verificação de conhecimentos até aqui compartilhados, como distribuição de zonas, seus elementos constituintes e formas de manejo integradoras entre zonas energéticas da propriedade rural.

“Sinta o fluxo e trabalhe com ele”

Em tudo existe energia, então, se a gente não souber sentir aonde está esta energia no espaço em que a gente tá, a gente não vai conseguir trabalhar com esse fluxo e não vai deixar a natureza fazer o trabalho dela e a gente conseguir trabalhar junto com ela.

Reinaldo de Souza – agricultor de Rio Fortuna – SC

 O curso de planejamento permacultural do projeto Terra Permanente tem o apoio do MDA e CNPq.

Permacultura 2014/2

24/07/2014 08:59
Aula prática em visita a permacultores que vivem da permacultura.

Aula prática em visita a permacultores que vivem da permacultura.

Em 2014/2 irá rolar mais uma edição da disciplina Introdução à permacultura que possui o mesmo currículo e carga horária de um Permaculture Design Course (PDC), reconhecido internacionalmente. Neste semestre serão disponibilizadas mais vagas para estudantes externos ao departamento de geociências.

Neste período de matrículas procure por GCN7938 – Introdução à permacultura e efetive sua matrícula, mesmo que o sistema acuse “sem vagas”. As aulas ocorrerão nas tardes das quartas-feiras no prédio do CCJ – sala 006 – e temos previstas 3 atividades de campo.

As vagas adicionais serão definidas ao final do segundo encontro (2ª semana). Assim, mesmo que o sistema de matrícula tenha acusado negativo o seu pedido de vaga, apareça nos dois primeiros encontros para acompanhar a definição do preenchimento das vagas.

NEPerma conclui o segundo bloco do curso de permacultura

20/07/2014 19:24
Visita técnica a propriedade de Anastácia Schmitt.

Visita técnica a propriedade de Anastácia Schmitt.

O NEPerma concluiu nesta semana o segundo bloco do Curso de Planejamento Permacultural na grande Florianópolis. Este módulo focou no tema produção de alimentos, onde foram abordados o manejo ecológico de solos, ecologia cultivada, plantas alimentícias não convencionais e sistemas agroflorestais. Os permacultores Marcelo Venturi, Grasiela Willrich e Jefferson Mota compartilharam seus conhecimentos com a turma de alunos, que abrange predominantemente agricultores a extensionistas rurais.

Neste segundo bloco os alunos meteram a mão-na-massa, aprendendo desde o manejo de plantas espontâneas, uso do pé-de-galinha para estabelecimento de canais de infiltração/escoamento e plantio de arranjos agroflorestais.

Visita à propriedade do permacultor Jorge Silva.

Visita à propriedade do permacultor Jorge Silva.

O bloco contou com duas visitas técnicas de campo, uma à propriedade da aluna Anastácia em São Pedro de Alcântara e outra, na propriedade do permacultor Jorge Silva no município de Anitápolis-SC.

Alunos aprendendo o uso do pé-de-galinha para estabelecimento do canal de infiltração/escoamento.

Alunos aprendendo o uso do pé-de-galinha para estabelecimento do canal de infiltração/escoamento.

O curso completo envolverá os alunos num total de 105 horas em 5 blocos. Os próximos apresentarão manejo de águas, estruturas invisíveis, diagnóstico rural participativo e acesso a mercados. O curso terá como avaliação final a construção de um projeto permacultural do espaço produtivo, baseado em unidades familiares produtivas dos próprios alunos.

O curso de planejamento permacultural do projeto Terra Permanente tem o apoio do MDA e CNPq.

Neperma forma quinta turma de permacultor@s

13/07/2014 21:55

Os(as) permacultores(as) da 5a. turma formada pelo NEPERMA. Isabel, Bruna, Pâmela, Laís, Mayara, Juliano, Igor, Louise, Rodolfo, Manoela, Alessandro, Vanessa, Leonardo, João, Maiara, Gabriela, Lívia e Rafael.

Seguindo o oitavo princípio da Permacultura – Integrar ao invés de Segregar – o Núcleo de Estudos em Permacultura da UFSC acaba de formar a quinta turma de permacultores por meio da disciplina Introdução à Permacultura. Com esta turma, são mais 19 permacultores formados para atuar em campo e compartilhar conhecimentos. No total, 85 educandos se formaram pelo Núcleo em cinco edições do curso, que também será ofertado no semestre de 2014/2.
O projeto final de planejamento territorial desenvolvido pelos alunos, envolveu a criação de uma proposta de Parque de Educação Ambiental para UFSC. A turma foi divida em três grupos que apresentaram diferentes ideias em mapas e maquetes digitais. Os trabalhos serão discutidos junto à comissão de grupos e núcleos de estudos ambientais da UFSC (NepermaNeambGeabio e Compostagem), que estão formulando um projeto final para o Parque.
Odair, na prática de campo. Nosso 19o. passageiro que fugiu da foto.

Odair, na prática de campo. Nosso 19o. passageiro que fugiu da foto coletiva.

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Laís Souza.

NEPerma inicia o projeto Terra Permanente

09/06/2014 22:09

Os colegas Marcelo e Arno no primeiro dia.

Nesta segunda teve início a etapa de extensão do projeto Terra Permanente, que ocorre nas dependências da Associação Campo e Ervas de São Pedro de Alcântara (ACESPA) na grande Florianópolis. O projeto conta com financiamento do Ministério de Desenvolvimento Agrário e CNPq e é uma iniciativa do NEPerma em parceira com a ACESPA e CEDEJOR.

Esta etapa do projeto prevê a formação de 25 permacultores e abrange 6 municípios da grande Florianópolis. O público do curso envolve agricultores, extensionistas rurais e professores universitários, que irão vivenciar experiências da permacultura, através de um Curso de Planejamento Permacultural com 90 horas.

Agricultor agroecológico Natifio de São Bonifácio e outros permaculturandos.

 

O curso conta com a experiência dos permacultores Arthur Nanni, Grasiela  Willrich, Jefferson Mota, Jorge Silva, Jorge Timmermann, Marcelo Venturi e Suzana Maringoni. O programa do curso tem previstos mais 4 encontros até outubro e contará com 6 atividades técnicas de campo, com visitação em propriedades que contam com planejamento permacultural na grande Florianópolis.

Ao longo do curso serão selecionadas 5 propriedades rurais que serão monitoradas na segunda etapa do projeto através de uma metodologia de pesquisa-ação, voltada para o entendimento de como a permacultura pode agregar qualidade de vida a agricultura familiar.

Sementes da permacultura

17/04/2014 13:37

O Núcleo de estudos em Permacultura em parceria com Nova Oikos e o conjunto de permacultores reunidos no Sítio Nós na Teia, têm o prazer de anunciar mais uma ação coletiva para a disseminação da Permacultura em terras brasileiras.

O grupo composto por Mildred Delambre, Arthur Nanni e Marcelo Venturi, traz o documentário Seeds of Permaculture (Sementes da Permacultura), legendado em português brasileiro. O filme é uma produção da AHOOHA filmes da Holanda

Sinopse:

Sementes da Permacultura aborda quais os objetivos da permacultura e como são realizadas as formações de permacultores, a partir de cenas captadas junto ao um Curso de Planejamento Permacultural (PDC – permacultural design course) do Projeto Tamachat na Tailândia. O filme mostra inúmeras técnicas utilizadas pela permacultura para o planejamento de assentamentos humanos produtivos. Os participantes do curso falam sobre como a permacultura pode ser importante em suas vidas.

O filme tem licença Creative Commons e pode exibido sem restrições.

Assista na íntegra…

Permacultura 2014/1

10/12/2013 17:24

Horas práticas na zona 1 e a produção de alimentos.

Em 2014/1 irá rolar mais uma edição da disciplina Introdução à permacultura que possui o mesmo currículo e carga horária de um Permaculture Design Course (PDC), reconhecido internacionalmente. Neste semestre serão disponibilizadas mais vagas para estudantes externos ao departamento de geociências.

Neste período de matrículas procure por GCN7938 – Introdução à permacultura. As aulas ocorrerão nas tardes das quartas-feiras e temos previstas 3 atividades de campo.

As vagas adicionais serão definidas ao final do segundo encontro (2ª semana). Assim, mesmo que o sistema tenha acusado negativo o seu pedido de vaga, apareça nos dois primeiros encontros para acompanhar a definição do preenchimento das vagas.

Novos parceiros

01/12/2013 18:22

Soraya e Fernando Pires com os alunos da quarta turma.

 

Esta quarta edição contou com a participação da professora Soraya Nór, do curso de arquitetura, que, junto com o permacultor Fernando Pires, compartilharam os conhecimentos de bioconstrução, incluindo uma prática em sala de aula para compreensão de escala e formas construtivas.

O início das atividades do Núcleo de Estudos em Permacultura trouxe novos professores como Orlando Ferretti e Thaise Guzzatti. Além deles, houve o ingresso de colaboradores externos, diversificando as opiniões e visões permaculturais. O planejamento para 2014 está apenas sendo pensado, mas acreditamos que muitas novidades virão.

Permacultura estará presente na 12a. SEPEX.

18/10/2013 01:43

É com grande prazer que o Núcleo de Estudos em Permacultura convida a todos a conferir o seu trabalho que será apresentado na SEPEX entre os dias 23 e 26 de outubro!

Em seu segundo ano, o trabalho de Permacultura realizado na UFSC vem sendo construído através da colaboração de estudantes e professores de diversas áreas (arquitetos, biólogos, engenheiros e parceiros permaculturais), através da disciplina Introdução a Permacultura e outras ações permaculturais, compartilhando seus conhecimentos e suas experiências na formação de jovens mais conscientes de si mesmos e de suas relações com o mundo.

No estande, os visitantes poderão conhecer mais sobre a importância da Permacultura em seu cotidiano, bem como se esclarecer sobre alguns caminhos para participar e atuar em iniciativas permaculturais na UFSC.

Paralelamente ao estande, estará acontecendo a GEODEX, uma estrutura bioconstruída plural, pensada como espaço de troca de conhecimentos interculturais. Na quinta-feira dia 24/10, às 10h haverá uma palestra abordando os princípios da Permacultura.